Cool Hunting, com Sabina Deweik

R$297,00
10x de R$29,70 sem juros

Categorias ,

Descrição

Com a rapidez das informações, cada vez mais empresas e marcas procuram entender e criar estratégias para atuar com sucesso no presente e no futuro – próximo ou longínquo. Com isso, surge a necessidade das empresas em entender alguns sinais que anunciam o que está por vir e saber como interpretá-los e utilizá-los, no desenvolvimento de novos produtos ou serviços. O chamado cool hunter, profissional treinado para captar tendências e novos comportamentos, é considerado hoje uma antena sensível, capaz de indicar novos desejos do consumidor, estilos de vida, anseios e valores, facilitando as empresas no seu posicionamento para antecipar tendências futuras.


Termo cunhado nos anos 90, não é uma profissão e nem uma nova figura profissional. É antes de mais nada um método válido para captar os sinais emergentes da sociedade, interpretá-los e gerar insights de inovação. O Cool Hunter é o profissional que se utiliza desse método para que empresas, organizações e indivíduos criem estratégias novas e se adequem aos tempos “líquidos”e velozes em que vivemos.


Esse curso é uma oportunidade de compartilhar a ferramenta de observação dos sinais emergentes da sociedade no intuito de se antecipar à inovação.
Saber como as pessoas se comportam, quais são suas preferências culturais e de consumo, quais são as novidades nas cidades, nos diferentes formatos de varejo, na comunicação, no atendimento (todos temas de estudo do Cool Hunting), dá a possibilidade de você estar à frente do mercado, independente de sua área de atuação.


Começar com a apresentação conceitual e teórica sobre a metodologia de cool hunting voltada para a inovação.
Desenvolver o espírito de observação e percepção aplicado a temas de mercado através do uso de uma metodologia de pesquisa e análise de tendências. O foco é mostrar o caminho para a compreensão de lacunas de mercado, de novas oportunidades, de possibilidades de criação de novos produtos, canais de comunicação, varejo ou códigos estéticos em distintas áreas.
O curso prevê uma saída de campo, o Safari Urbano, para captação de sinais e comportamentos.


Empresários e estudantes da área de marketing, comunicação, publicidade, desenvolvimento de produto, planejamento, inovação, consumer insights, criação, varejo, pesquisa, inovação, moda, designers e empreendedores.


Sabina Deweik é jornalista de formação (PUC-SP) e começou sua carreira profissional no Jornal O Estado de S. Paulo, no Caderno 2.  Fez dois mestrados: um no Brasil em Comunicação e Semiótica (PUC-SP) e outro na Itália, Milão em Fashion Communication, na Domus Academy. No ano de 1999 começou a enveredar pela área de tendências. Foi pioneira em introduzir em 2000 a metodologia de Cool Hunting (caçar tendências) no Brasil criando o primeiro curso na área no Instituto Europeu de Design e mais tarde na Escola São Paulo.
Foi esta paixão que a impulsionou a trazer para o Brasil o renomado e também pioneiro Future Concept Lab, instituto de pesquisa de tendências e consultoria estratégica com sede em Milão, Itália, do qual foi diretora no Brasil. Atuou em inúmeros projetos estratégicos e de pesquisa para clientes internacionais tais como Illy Caffe, Alessi, Veuve Clicquot, Ferrero Rocher, Trussardi. Além de clientes no Brasil como Havaianas, H. Stern, Natura, Senai Cetiqt, Grendene, Fiat, Petrobras, Cyrela, BB Mapfre, Unilever, Sebrae, Brasilcap, Innova Capture, entre outros.
Em 2015, entrou em um profundo processo de observar suas próprias crenças e julgamentos, com uma formação como Coach Ontológico pela Escola Internacional de Coaching Ontológico Newfield Network (Chile), membro da International Coach Federetion, que há mais de duas décadas vêm formando profissionais na América Latina.


MÓDULO 1 – Como caçar tendências e antecipar o futuro
Aqui você entra em contato com a disciplina do Cool hunting e com o percurso para se tornar um caçador de tendências, conhecendo a estrutura de como funcionam os laboratórios de pesquisa de tendências e comportamento: a fase de observação de interpretação e a geração de insights.

MÓDULO 2 – Como nascem os comportamentos?
Como surge uma tendência? Como é o processo de nascimento, crescimento, difusão e morte de uma ideia inovadora?
Neste módulo, você vai conhecer a Teoria da Difusão da Inovação, criada por Everett Rogers, que desenvolveu a teoria da Curva da Adoção. Entenda quais são os agentes da atualidade que podem impulsionar a inovação tais como as redes sociais, os influenciadores e os formadores de opinião.

MÓDULO 3 – os 4 Ps do societing
O Cool Hunting antes de mais nada é uma prática.
Neste módulo, há uma compilação de metodologias que podem facilitar o processo de observação e interpretação: o chamado 4 Ps do Societing e o método SCI – Cool hunting, Science, Insights.
O participante se aprofunda nas metodologias do Cool hunting para facilitar o processo de observação e interpretação dos sinais emergentes e das mudanças de comportamento. Uma vez que você identificou um novo comportamento, deverá compreender como fazer a leitura dele: um passo a passo pode ajudar a realizar a interpretação.
Vamos falar também sobre as possíveis técnicas de pesquisa e sobre o conceito de Zeitgeits – tão importante na pesquisa de tendências.

MÓDULO 4 – Safari urbano
Safari urbano é uma pesquisa de campo. Sabina escolheu referências aleatórias para você perceber as tendências e manifestações nas mais diversas áreas, de cultura a gastronomia, produtos e embalagens.

Cursos relacionados