Postado em

PARABÉNS, SÃO PAULO!

É hoje! São Paulo faz 465 anos, cheia de amor para dar. Dá uma olhada nessas dicas que a gente preparou para quem estiver por aqui.

Tem mini-SP na Rua. Os principais coletivos e Djs da cidade se reúnem para uma grande festa no Vale do Anhangabaú, com ODD, Pilantragi, Santo Forte, Mamba Negra, e muito mais. E ainda tem Paulinho da Viola e convidados: Beatriz Rabello, Fabiana Cozza e Rodrigo Campos, em show super aguardado, às 16h.

Na Pinacoteca tem reinauguração do auditório, com pocket-show de Zezé Mota.

No CCBB tem o Centro do Rap, com uma programação que vai até domingo com as MCs Alt Niss (hoje), Bivolt (sábado) e Edi Rock no domingo.

Hoje tem também show no Sesc Vila Mariana para o lançamento do disco São Paulo: paisagens sonoras (1830-1880), em que a pesquisadora Anna Maria Kieffer fez uma catalogação de sons da capital paulista.

Acontece hoje uma apresentação gratuita do Balé da Cidade no teatro Municipal a partir das 18h. O espetáculo é Risco, dirigido pelo incrível Ismael Ivo.

No sábado abre na Casa da Luz a exposição Jungle Juice | The Guerrilla Queens, com inéditas de André Niemeyer e participações de Lyz Parayzo e Arthur Scovino Dantas. Os trabalhos refletem sobre a condição LGBT a partir de influências da pop art e de C.G. Jung.

A Paulista, claro, está cheia de atrações: 

No IMS tem o Conjunto João Rubinato, que mostra 12 canções inéditas de Adoniran Barbosa com participações de Eduardo Gudin, Toinho Melodia e Sergio Rubinato. No Sesc tem A Espetacular Charanga do França e na Fiesp a Nômade Orquestra toca com Black Alien.

No Sesc Consolação abre a exposição Não Temos Condições de Responder a Todos, que reúne coleções de fanzines, cassetes e cartas da música independente, especialmente do punk e punk-rock, entre os anos 80 e 90 com curadoria de Alexandre Cruz Sesper. A Maglore comemora 10 anos de carreira no Cine Joia, também nesta sexta.